TikTok atinge a marca de 1,5 bilhão de downloads

A rede social que já havia superado o Facebook e o Twitter entre o público adolescente, agora, acaba de ultrapassar o Instagram em número de downloads: 1,5 bilhão. Em fevereiro desse ano o app atingiu seu primeiro bilhão de downloads.

Entre os 5 aplicativos mais baixados do planeta, apenas o TikTok não pertence ao grupo Facebook.

Mas, afinal de contas, o que é o TikTok?

O TikTok é um aplicativo chinês para a criação de vídeos curtos (15 segundos no máximo) no qual é possível fazer dublagens de músicas e outros áudios, esquetes, conteúdos interativos, dar dicas, mostrar algum talento, explorar filtros e, uma de suas mais populares formas de utilização, os desafios – e é aí que o aplicativo mostra sua força. Grandes hits musicais que explodiram de 2017 até o momento têm como principal fator o impulsionamento do TikTok.

Hits como “SICKO MODE”, de Drake e Travis Scott, “Truth Hurts” da Lizzo e “Old Town Road” de Lil Nas X são exemplos do gigante potencial do TikTok em criar/potencializar virais. Essa última atingiu um marco histórico, ficando por 17 semanas no topo da Billboard, ultrapassando nomes como Mariah Carey, tornando-se a música com o maior tempo na liderança do chart.

A empresa chinesa ByteDance dona do aplicativo se transformou na startup mais valiosa do mundo, avaliada em US$ 75 bilhões. E, claro, esse gigante que virou febre ao público da Geração Z ganhou alguns concorrentes como o Kwai, Lasso – aplicativo do Facebook lançado em 2018 – e outros.

O aplicativo de edição de vídeos Lasso não obteve o sucesso esperado, mas o Facebook, por sua vez, não ficou parado ao ver a crescente da rede social chinesa. Na última terça-feira (12) o Instagram Story ganhou uma ferramenta similar às funções de edição do TikTok. Chamado Cenas, o recurso, por enquanto, é exclusivo para o público brasileiro.

Autoria: Giovani Gomes

SE CONECTE COM A GENTE